OS GRAFITES E AS PICHAÇÕES EM LÍNGUA ESTRANGEIRA NA PAISAGEM LINGUÍSTICA DA CIDADE DE JUIZ DE FORA/MG

Mariana Schuchter Soares, Ana Claudia Peters Salgado

Resumo


RESUMO: O objetivo deste trabalho é discutir a presença de línguas estrangeiras em pichações e grafites na cidade de Juiz de Fora/MG, considerando os tempos de superdiversidade (VERTOVEC, 2007) em que estamos inseridos. A superdiversidade está ligada a fatores como o surgimento e a expansão da Internet, a questões de mobilidade social e ao desenvolvimento da tecnologia em geral, que têm promovido contatos linguístico-culturais muito mais intensos e a ampliação dos repertórios comunicativos (RYMES, 2010). Assim, essa pesquisa de abordagem qualitativa busca descrever essa realidade que existe no mundo inteiro em diferentes graus, considerando dados coletados em entrevistas com pichadores e grafiteiros, e fotografias da paisagem linguística da cidade.

 


Palavras-chave


grafites/pichações; línguas estrangeiras; superdiversidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.