Da formação discursiva a Semântica global: breve analise do tema corrupção em programas de governo das eleições presidenciais 2006

Roberto Leiser BARONAS, Regiana Perpétua MANENTI

Resumo


Neste ,trabalho do mirante da Análise de Discurso francesa analisamos textualizações do discurso político em Programas de Governo de candidatos a presidente do Brasil das últimas eleições. Trabalhamos como o tema Corrupção foi dado a circular nesses distintos programas de governo. Mobilizamos inicialmente o conceito de formação discursiva, elaborado por Courtine (2007) em Análise do discurso: o discurso comunista endereçado aos cristãos, procurando verificar como os enunciados que dizem o tema Corrupção se
inscrevem numa rede de filiações tanto interdiscursivas quanto intradiscursivas e, por último, li luz do conceito de semântica global elaborado por Maingueneau (2005), em Gênese dos discursos. verificamos como esse tema é regrado por um conjunto de restrições semânticas que autoriza. aquilo que pode e deve ser dito pelo discurso. Tais restrições afetam a intertextualidade; o vocabulário; os temas; o estatuto do enunciador e do destinatário: a dêixis enunciativa; o modo de enunciação, a vocalidade e o modo de coesão do discurso. O corpus de análise constitui-se por recortes dos Programas de Governo dos candidatos: Cristovam Buarque PDT, Geraldo Alkmin PSDB, Luiz Inácio da Silva PT e Heloísa Helena PSOL. A escolha dos Planos dos candidatos se justifica pela classificação que obtiveram no processo eleitoral de 2006.

Palavras-chave


Discurso. Formação Discursiva. Semântica Global. Política.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.